Sobre este Site

Este site existe por uma razão: para ensinar inglês de uma forma informativa e agradável. O domínio english-ingles.com foi registado em abril de 2015; eu adicionei os artigos um por um, sempre certificando-me que o que eu escrevi mantinha uma certa qualidade. Este site em crescimento é o resultado de muitas horas de trabalho e pesquisa; de ler uma infinidade de livros; de analisar várias teorias e paradigmas e perspetivas e pontos de vista conflituosos.

Há muitos, muitos sites dedicados ao idioma inglês na Internet;eu decidi criar outro em 2015.

Porquê?

Porque a informação disponível não era suficientemente satisfatória, especialmente em português e espanhol. Estes países têm um baixo nível de inglês (Portugal: 27%; Brazil: 8%), e sinto que isso é desnecessário e prejudicial. A Internet criou uma metrópole de informação; na ponta dos teus dedos, há uma quantidade infinita de informação em várias línguas, mas, no entanto, há uma discrepância: os sites que têm informação em inglês são, na maioria das vezes, superiores às páginas disponíveis em espanhol e português.

O chinês e o inglês são as principais línguas da web. As outras três são: o espanhol, o japonês, e, claro, o português. Eu falo e escrevo nos três idiomas disponíveis neste site, e eu vejo os problemas: por exemplo, os wikipedias portugueses e espanhóis são muito mais pequenos que os seus homólogos norte-americanos; ciências e tecnologias dos Estados Unidos não são adotadas rapidamente por causa da barreira da língua. As principais universidades dos Estados Unidos estão mostrando as suas classes para o mundo inteiro através de vídeo. Uma criança de doze anos de idade, de Portugal ou do Brazil ou de Timor, com acesso à Internet, pode assistir às aulas do MIT, Caltech, Stanford, etc. Informática, latim, história, álgebra abstrata, mecânica quântica, poesia, e muito, muito mais … com uma condição:

Esta criança de doze anos de idade precisa de entender o inglês.

Não é por acaso que países como a Noruega, a Suécia, a Dinamarca e os Países Baixos têm um nível de de inglês muito alto e uma incrível qualidade de vida. É precisamente porque as crianças nesses países sabem o suficiente inglês para ler ou ver quase tudo. Qualquer livro, qualquer site, qualquer revista … está ao seu alcance.

Com este lugar eu tento equilibrar a balança. O objetivo é um e apenas um: ensinar inglês.